terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O Deputado Estadual Carlos Giannazi, numa atuação de grande competencia, acabou de vez com a vergonha em SP, e ainda foi em direção de acabar com isso no Brasil...tem politico BOM SIM!!!! http://www.carlosgiannazi.com.br/ veja esse video do link e muitos outros videos desse politico...fiquei fan dele...é só procurar no youtube http://www.youtube.com/watch?v=lO5JiW8BcBU

4 comentários:

Carlpec disse...

Olá!Sou musicista profissional,e vejo a cada dia o espaço que deveria ser somente de profissionais sérios e dedicados, invadido por qualquer um que queira ganhar um dinheirinho!Talvez tenha havido confusão entre a inércia da OMB,(instituição que deveria ter passado por uma reforma,ou sido substituída!)e a inércia total!Se não éramos respeitados antes,agora muito menos,pois nossa profissão se transformou,antes apenas teoricamente,mas agora "no papel" em Terra de Ninguém.O QUE TRABALHADORES DOS QUAIS NÃO SÃO EXIGIDOS NENHUMA FORMAÇÃO OU RESPONSABILIDADE PODEM EXIGIR?
Qual a diferença de quem cursa uma escola de música,estuda,pratica,gasta em equipamentos, para aquele aventureiro que compra um MP3 e sai por aí se oferecendo para trabalhar a preços baixos?Não me venham falar de "qualidade",pois se tem gente sem talento,sem estudo e técnica até virando popstar,imagina nós anônimos que cantamos nas noites!A OMB nunca foi incrível para mim,mas com o término dela,nos distânciamos ainda mais de termos uma profissão mais respeitada e,diga-se:bem remunerada.

pedro narciso disse...

Olha, existe duas profissões que não tem controle e são as mais deorganizadas no mundo: a música e os advogados. São justamente as duas ordens que foram criadas no Brasil. A ORDEM DOS MUSICOS E A ORDEM DOS ADVOGADOS. Eu toquei em 1970 oi e ai devido a falta de organização dos musicos e fui trabalhar no IBGE e depois no Banco, não aguentei. Olhando aqui agora o que aconteceu com a OMB(MG) e OMB(SP) o que vejo hoje em 2013, e que os musicos sem a OMB a tendência vai ser PASSAR FOME NO FINAL DAS SUAS VIDAS.

pedro narciso disse...

Mas a OMB fornce ao músico toda a condição necessaria para que o músico possa viver dignamente a sua vida juntamente com a família. Planos de seguros, se o musico for tocar fora se tiver convenios como tem em BH, SP e outras capitais, tem hoteis com desconto, orgãos de arrecadação de direitos autorais,plano para colocar as musicos dos associados para gravação junto a artistas famosos, plano para aposentadoria paralela a aposentoria do INSS(essa eu tenho, e otima) sabe porque? voce pode gnhar 200.000,00 por mes que o INSS só pagará de sua aposentadoria cerca de 4.000,00 por mes, então temos se possivel ter um plano de aposentadoria paralelo para completar o que voce ganhava por mes, caso contraro PASSARÁ FOME! A unica coisa que não consegui negociar com a OMB de MINAS, foi que toquei somente 1 ano e ela queria receber as anuidades de 30 anos. Mas o resto acho que voces músicos devem lutar para voltar a OMB novamente. Esse deputado estadual que fez isso com voces esta totalmente por fora da jogada e acho ele um MAL DEPUTADO, e depois sabe o que aconteceu no Brasil? Eles, os deputados federais, em 1988 colocaram na constituição que a partir daquela data TODOS OS MÚSICOS E JORNALISTAS A PARTIR DAQUELA DATA NÃO PRECISAVAM MAIS ESTUDAR. As crianças de 1988 para cá que estudavam nas escolas, não estudaram mais e não temos mais artists bons nem MUSICAS BOAS, A MUSICA POPULAR BRASILEIRA CAIU DE NIVEL. AS ESCOLAS NÃO PODEM COLOCAR AULAS DE MUSICAS PARA QUE A CRIANÇA QUE TEM O DOM DA MUSICA CONTINUE ESTUDANDO E TORNARÁ UM BOM ARTISTA E OS DEPUTADOS ACABARAM COM ISSO.

sei lá disse...

Olá, Nelson. Gostaria de obter mais informações. Como posso obter o seu contato. Alguma conta no Face? Muito Grato. Enéias Ribeiro.